Tangerine, filme aclamado em Sundance, foi filmado só com iPhones 5s
julho 18, 2015
Pedro Vilhena (189 articles)
1 comentário
Compartilhar

Tangerine, filme aclamado em Sundance, foi filmado só com iPhones 5s

Aconteceu de novo: um filme aclamado num festival e pela crítica revela ter sido filmado com iPhone.
A comédia “Tangerine” foi muito aplaudida em Sundance e recebeu críticas elogiosas do New York Times e Variety, com direito a menção ao “visual abrangente em widescreen que assume um brilho quase radioativo”. O filme traz a história de duas prostituas transgênero em Los Angeles, e até pela riqueza do tema, só depois o diretor Sean Baker comentou sobre esse aspecto peculiar da produção que está dando o que falar.

Tangerine é o quarto filme independente de Sean Baker. Seu orçamento foi de aproximadamente US$100 mil, e por isso foi necessário encontrar alternativas de gravação que diminuíssem a equipe. O diretor afirma que decidiu enquanto via referências de um canal do Vimeo dedicado apenas a fimes com iPhone. “Fiquei tão impressionado com o que vi, que pensei: ‘Isso é suficiente.”.

Baker então descobriu uma campanha de kickstarter da Moondog que oferecia um adaptador anamórfico para iPhone. Mandou vir 3 adiantado e montou seu rig, combinando três iPhones 5S com o aplicativo Filmic Pro (realmente a melhor opção e custa só US$8 na app store), uma steadicam manual chamado Smoothee e algum improviso, como uma bicicleta no lugar de uma dolly. Na verdade apenas dois rigs eram usados de cada vez, com o terceiro de stand by caso algo desse errado.

Aí já dá pra ver que não é exatamente qualquer iPhone, afinal um adaptador anamórfico e uma steadicam são coisas que já mudam muito o telefone do consumidor médio. Mas tem mais. James Ransone, que interpreta um dos papéis centrais, põe os pingos nos Is: “Não dá pra apenas sair e gravar. Você ainda tem que saber como som funciona. Ainda tem que saber como uma câmera funciona. Sim, pode fazer um lindo filme num budget microscópico, mas você tem que conhecer 100 anos de tradição cinematográfica.”

É isso. Sou bastante digital e até por isso bem avesso a mania hipster de encher os smartphones de acessórios pra tentar fazer tudo com eles. Obviamente não faz sentido e não passa de consumismo bobo (perdoem-me os “mobile photographers” por aí). Mas é digno de nota que hoje em dia dá pra fazer um filme com qualquer câmera – o mais importante é o resto.

 

Comentários

  1. […] foco…tudo que a câmera do seu celular permitir. Não conheço outro tão detalhado.  Tangerine, filme aclamado em Sundance esse ano, foi gravado com o Filmic Pro. Pago, […]

Escrever comentário

Seus dados estarão seguros. Seu endereço de email não será publicado. Os outros dados também não serão compartilhados com terceiros. Campos obrigatórios marcados com *