Soluções de áudio para as HDSLR
maio 2, 2011
Pedro Vilhena (189 articles)
51 comments
Compartilhar

Soluções de áudio para as HDSLR

As HDSLRs são um problema de áudio. O microfone interno, do tamanho que você encontra em um celular, não é direcional e não tem graves. O pré-amplificador da câmera chia mais que uma cascavel acuada e o controle de ganho automático (AGC) evidencia isso. Pra uma sequência sem diálogos é ok, mas numa entrevista, não importa o sensor e a lente que você use, o resultado será amador.

A questão foi das primeiras a serem detectadas e hoje existem várias alternativas. Basicamente, você tem de contornar cada um desses agentes da destruição.

 

O Microfone

Essas câmeras foram projetadas como fotográficas com uma função de vídeo, para ajudar fotojornalistas a trabalhar nas duas frentes. Os engenheiros nunca deram atenção ao microfone. Ele é terrível e tem de ser substituído. As opções são ligar um outro microfone direto na câmera, ou gravar externamente e sincronizar o áudio depois.

O AGC

O controle automático de ganho, para quem conhece áudio, nada mais é que um limiter/compressor. Ele aumenta o “volume” do microfone quando o som captado é mais baixo, com a intenção de trazer mais sinal. Acontece que aqui ele é muito agressivo, e faz isso mesmo durante as pausas na fala de uma pessoa. Como o pré-amplificador da câmera também é de má qualidade, ao aumentar a sensibilidade o resultado é apenas aparecimento de ruído eletrônico. Felizmente já existem firmwares oficiais e não oficiais que permitem desligar essa função em quase todas as câmeras…menos na 7D.

O Pré-amplificador

Bons prés tem resposta de frequência equilibrada e baixo “noise floor”, ou seja, podem dar bastante ganho ao sinal antes de começar a trazer o ruído da própria operação eletrônica. Não é o caso dos instalados nas HDSLR. Mesmo um Sony C800G valvulado de US$9.000 soará como dentro de uma caixa de sapato na avenida Paulista se ligado direto na câmera. As opções: amplificar seu áudio externamente, gravando em separado, ou trazendo para a câmera já no volume desejado.

Soluções

Vou listar aqui os meios adotados para resolver em parte ou totalmente o problema.

  1. Microfone mini-shotgun ligado direto na câmera: é possível comprar um Sennheiser MKE-400 ou Rode Videomic e ligá-lo direto na máquina. Assim não é preciso syncar o áudio. Problema: você ainda será refém da pré-amplifição ruim, e se estiver na 7D, também terá de amargar o AGC.
  2. Microfone shotgun profissional ligado direto na câmera: há cabos a venda que adaptam a saída XLR dos microfones profissionais à entrada P2, permitindo que você ligue algo como um Rode NTG-2 direto na câmera (não tope opções meia boca ou gambiarras: é necessário um componente no cabo que mude a impedância do sinal para que isso funcione bem). Com um shotgun grande você ganha maior direcionalidade. Problema: os mesmos da primeira opção. Você também não poderá usar o microfone fora da câmera (como num boom), pois a adaptação para P2 não permite cabos longos.
  3. Gravador Tascam/Edirol/Zoom H4n gravando por fora: você se safa de todos os problemas registrando o áudio numa unidade externa, com os microfones embutidos (mto melhores que o das câmeras) ou um externo ligado no gravador. A única opção para gravar em resolução profissional, acima de 48Khz 16-bit. Problema: terá que syncar o áudio na montagem, e terá que carregar, apertar REC e cuidar de cartões em mais uma coisa.
  4. Unidade Juicedlink ou Beachtek ligada na câmera: elas se rosqueam entre sua câmera e o tripé e possuem pré-amplificadores bons, mostrador luminoso de volume, monitoração por fones e possibilitam usar qualquer tipo de microfone externo (inclusive com cabos longos e phantom power). Levam o sinal para a câmera quase em linha e dispensam syncar na montagem. Problema: como com o gravador externo, você tem de aturar um intermediário entre o mic e a câmera (ainda que muito mais prático por dispensar acionamento e se integrar ao bloco). Estará limitado à resolução de gravação interna da câmera, que é de 44Khz 16-bit.

De todas essas, só não trabalhei com a segunda. Situações diferentes vão privilegiar soluções diferentes – numa produção maior, ter áudio em alta resolução é premissa e só o gravador externo resolverá. No entanto, para uso geral recomendo a primeira ou a última acima. Os mini-shotguns montam-se na sapata do flash, são discretos e já trazem um benefício considerável (prefira o Rode Videomic), principalmente se você puder desligar o AGC. O Juicedlink DT454 (melhor que o Beachtek) vai um passo além com dois canais de prés de verdade e uma função de supressão do AGC na força bruta – se você tem uma 7D, essa é sua única opção para se livrar dele na câmera!

Hoje meu setup varia entre gravar externamente em um Zoom H4 ou usar o Juicedlink. É impressionante como os prés do DT454 são melhores até que o Zoom (dizem que na versão atual, o H4n, eles estão melhores, mas não conheço).

De qualquer forma, a recomendação segue por esse caminho, pelo menos até que venha a nova 5D.

Comentários

  1. Paulo morais
    Paulo morais agosto 12, 16:31
    Bela postagem, Pedro. Usamos o Zoom H4n para gravar áudio externo e temos tido bons resultados. A parte chata realmente é a sincronização, que pode ser facilitada com alguns sinais, tipo um apito ou bater palma na frente da câmera. Abraço
    • pedrolho
      pedrolho agosto 12, 16:50
      Verdade. Conhece o Plural Eyes? É a ferramenta que uso pra syncar, resultados quase sempre perfeitos! Abraço.
  2. marcosxfelipe
    marcosxfelipe setembro 30, 05:24
    Estou fazendo uns testes para a produção do meu TCC e tenho tido muitos problemas com essa parte de audio, ajustar os materiais é um desafio e como dependo da disponibilidade do equipamento da faculdade tenho sido uma verdadeira dor de cabeça, como esses equipamentos estão um pouco longe do meu bugte, estou testando usar o proprio macbook para centralizar a captação do audio. Ate agora fiz pequenos testes em ambientes controlados e tenho tido bons resultados usando o proprio GarageBand. O que acha de soluções desse tipo, já teve alguma experiência do tipo?
    • pedrolho
      pedrolho outubro 11, 04:02
      Bem o GarageBand é um ótimo programa, mas os problemas desse tipo de solução aparecem antes dele. Para uma captação de áudio boa direto num notebook vc precisa de uma placa de som externa, com pré-amplificadores razoáveis e que forneça phantom power, além do microfone externo. Esse setup é um problema de portabilidade, mtos cabos, mtas fontes. E, no que tange a equipamentos de gravação, quanto menos software melhor - um gravador digital que só faz aquilo será mais confiável que um notebook que acessa a internet, tem drive de dvd e outros programas instalados. Por outro lado, captar usando a placa de som interna do macbook é mto ruim, pois vc quase não tem controle de ganho, trabalha com prés de baixa potência e qualidade, e não dispõe de phantom para mics que precisem. Por tudo isso, acredito que notebooks nunca devem ser regra para captação de áudio. Ainda que não seja barato, recomendo investir num Zoom H4n. Com uma solução de áudio integrada, portátil, configurável e dedicada vc vai ver que até a sua fotografia melhora, principalmente em projetos de baixo orçamento! Abraços.
      • Fabio Moreira
        Fabio Moreira maio 31, 18:01
        A solução é o h4n zoom!
        • pedrolho
          pedrolho maio 31, 19:18
          É verdade Fabio ele resolve - ainda mais com o pluraleyes, aquele plugin que sincroniza os áudios automaticamente na pós.
  3. [...] E não esqueça: vídeo também é som e você precisará cuidar do seu áudio (dê uma olhada no post sobre isso). Abraços! Gostar disso:GostoOne blogger likes this post. Artigos 7D, canon, crop, [...]
  4. Marnei
    Marnei junho 10, 16:31
    Pedrolho, utilizando o microfone shotgun Rode NTG-3 com Vara boom conectado num gravador Tascam (DR-100 SD) e sincronizando na pós terei um resultado profissional? Qual é o melhor gravador na sua opinião... tascam dr-100 ou Zoom H4n? Abraços
    • pedrolho
      pedrolho junho 11, 07:56
      Aí sim, você terá som pro (como disse na resposta anterior)! O TASCAM é mais encontrado em produtoras, é um equipamento consagrado, mas o H4n também ganhou muito espaço. Nunca comparei, mas já usei ambos e entregam o material com a qualidade que precisa. Estará bem com qualquer um!
  5. Thiago Bonadie Fraccarolli
    Thiago Bonadie Fraccarolli julho 24, 17:44
    Cara, onde você comprou o Juicedlink?
    • pedrolho
      pedrolho julho 24, 18:48
      No ebay Thiago! Ainda tem por lá.
  6. Olga Santos
    Olga Santos agosto 23, 21:49
    Olá, sempre acompanho o site e queria uma ajuda. Comprei um microfone shotgun para usar na 60D. Nos primeiros testes tenho percebido ainda muito ruído na gravação. Você comentou a questão do AGC. Como desligo ele? Só de colocar no controle manual isso já acontece? Queria ver as alternativas antes de chegar a conclusão de que o problema é a qualidade do microfone que comprei mesmo. Por último, você tem algum link que mostre esse cabo citado na 2ª opção? Obrigada e parabéns pelo site!
  7. Marnei
    Marnei setembro 16, 23:41
    Pedrolho, comprando esse JuicedLink eu precisaria apenas de um cabo para ligá-lo à minha 60d + um microfone shotgun? A vantagem disso em usar um gravador externo por exemplo seria que não seria necessário sincronizar o audio na pós? Abraços
  8. pedrolho
    pedrolho setembro 18, 04:37
    Exatamente Marnei. O Juicedlink já vem com esse cabo. Mas agora que todas as cams ganharam controle do ganho de áudio via updates de firmware, essa solução só vale a pena se você for usar microfones profissionais tipo XLR. Para todos os outros (como aqueles pequenos que vão na sapata) você pode usar a ligação direta na câmera.
    • Marnei
      Marnei setembro 18, 10:45
      Minha intenção é usar com um rode ntg-2 ou ntg-3. Em termos de qualidade usando o juicedlink direto na camera com um desses microfones será igual à utilizar um gravador externo (tascam dr-100) tb com um desses microfones? Abraços
  9. rhamons
    rhamons outubro 03, 21:26
    ai pedrolho, tudo bem, da ultima vez no post sobre lentes vc me ajudou muito ja comprei a 50mm 1.4 agora so falta a tamrom, mas tenho uma duvida sobre o audio.Qual e o seu conselho de mestre para meu caso compro um Rode VideoMic e o juicedlink ou Zoom H1, a qualidade e a mesma, compro os dois oq faço?
  10. rhamons
    rhamons outubro 03, 21:28
    Quero qualidade, liberdade e ganho de tempo,mas com profissionalismo...Valeu pedrolho blog nota 1000.abc...
  11. Michelle
    Michelle novembro 15, 17:37
    Olá, tenho uma 60D, comprei o RODE, mas qnd conecto não câmera, só escuto ruído, não saí mais nada além disso... Preciso saber se tem alguma configuração pra ser feita na câmera. Abraços
  12. Michelle
    Michelle novembro 15, 17:38
    Olá, tenho uma 60D, comprei o RODE, mas qnd conecto na câmera, só escuto ruído, não saí mais nada além disso... Preciso saber se tem alguma configuração pra ser feita na câmera. Abraços
  13. Marnei
    Marnei novembro 28, 18:59
    Pedrolho, estou comprando um gravador externo e tenho uma dúvida. O tascam dr-40 perde pra qualidade de gravação para o dr-100? Vou utilizar apenas 1 microfone, um shotgun da rode. Abraços
    • pedrolho
      pedrolho janeiro 06, 18:04
      Acredito que não, apesar de nunca ter usado o DR-40. Dando uma olhada por alto nos specs ambos parecem ser equivalentes no básico necessário pra que vc use um mic externo.
  14. Wanderson Borges
    Wanderson Borges fevereiro 06, 01:32
    Pedrolho, trabalho em uma emissora de tv afiliada da Globo e trabalho com lapelas com um otimo corte de ganho e atenuadores. Estou pensando em comprar uma 60d pois meu orçamento é menor para as "fodonas" gostaria de saber se tu conhece lapelas "seinheiser" que tem um atenuação de até -24db. Obrigado
    • pedrolho
      pedrolho fevereiro 08, 18:23
      Não sei se entendi sua pergunta Wanderson. Se bem me lembro, tanto o Sennheiser G2 quanto o G3 permitem atenuação de mais de -24dB. Dito isso, sem sombra de dúvida prefiro trabalhar com o Sony, que costuma ser até mais barato mas tem performance muito superior a dos Sennheisers (tenho os 3, mas não estou com eles agora). Quanto a 60D, o workflow para entrar com áudio direto é o mesmo das outras DSLR. Mas se você se importa mesmo com o áudio, é bom usar pelo menos um pré externo (como o Juicedlink ou o Beachtek) porque o pré das câmeras é bem ruim...abs.
  15. tiago monteiro
    tiago monteiro abril 09, 20:23
    ola amigo, tenho um shotgun ME 66 Seinnheise, mandei fazer um cabo como vc disse no item 2 xlr para p2 e tentei ligar em uma cannon 5d mark II e nao funciona, sabe me dizer porque? e aonde eu consigo comprar este tipo de cabo? grato a atenção
    • pedrolho
      pedrolho abril 24, 20:37
      É como eu disse no parêntese do texto: esse cabo tem de ser feito por quem conhece a conexão. Existem questões de polaridade e de impedância que tem que ser resolvidas - nesse último caso, às vezes com um amplificador ou uma resistência inserido no cabo. Você não vai encontrar esse produto pronto nas lojas Tiago.
  16. Rodrigo Andrade
    Rodrigo Andrade junho 12, 02:02
    Alguém pode me indicar uma solução boa e barata para o seguinte problema, comprei o zoom h4n e um rode ntg3, só que o zoom h4n consome muita bateria ligado no rode ntg3 em phanton 48v me deixando impossibilitado de gravar em externas, queria saber se alguém ja achou alguma solução para tal problema, ou se terei que comprar um Juicedlink ou Beachtek para suprir a bateria?
    • pedrolho
      pedrolho junho 12, 02:41
      Rodrigo, com esse setup se você quiser usar mto o boom recomendo que faça uma bateria de lítio pro Zoom. Leve a fonte do gravador numa boa loja de baterias e eles fazem algo que possa ser ligado como fonte no gravador, com voltagem e amperagem corretas na polaridade certa (mto importante). Seu problema estará resolvido. Em SP, na rua St. Ifigênia, a loja Mestre das Baterias faz isso. A outra possibilidade é utilizar pilhas recarregáveis, claro. Abs.
  17. Gabriel Arruda
    Gabriel Arruda julho 30, 03:58
    Pedrolho me tira uma duvida? Tentei usar pluraleyes para sincar o audio, mas tive um problema: O programa sinca o audio do gravador com os videos, direitinho, mas apenas o começo, depois de alguns minutos de vídeo o audio começa a ficar fora de sincronia, e ai eu preciso cortar o vídeo e sincar de novo. Meu gravador é um tascam DR-40, mas ja tive o mesmo problema com um Zoom H4N. E minhas câmeras são uma 5DMkII e uma T3i. Deixo as duas câmeras com as configurações iguais. Você ja teve um problema parecido?
    • pedrolho
      pedrolho agosto 11, 21:11
      Fala Gabriel. Geralmente isso acontece quando você grava o áudio em separado num sample rate diferente do que a câmera grava. As suas câmeras rodam em 48.000 Hz, é possível que você esteja gravando em 44.000 Hz por fora e aí o áudio perde o sync mesmo. Nesse caso, a solução é converter na pós o arquivo para o sample rate da câmera (usando um programa como o Sound Forge, por exemplo).
  18. Marcella Nunes
    Marcella Nunes agosto 09, 13:33
    Pedrolho parabens pelo seu post, realmente é muito bem escrito. Vendo as perguntas vi que vc não respondeu uma que tb seria a minha dúvida. Qto a configuração na câmera, trabalho com a 5d Mark II, deixo em manual ou automático, conectando o ntg 2 diretamente na camera? Dessa forma não tenho como ter retorno usando um fone né? (já que não tem outra saida p2 na câmera)
    • pedrolho
      pedrolho agosto 11, 21:19
      Valeu Marcella! Você pode deixar o ganho tanto no manual quanto no automático, mas o modo manual é mais recomendado porque senão a câmera pilota o volume de uma maneira que pode estragar o seu áudio. Como numa entrevista, em que nos momentos de pausa ela jogará o ganho no teto, introduzindo um ruído terrível. Infelizmente vc não consegue monitorar o áudio ligando o mic direto na câmera, mas faça um teste observando as barras de sinal no menu e fixe um ganho abaixo do limite. Sempre é melhor gravar mais baixo pra não arriscar perder o áudio. Pra maior facilidade recomendo instalar o Magic Lantern, que deixa as barras de áudio na tela o tempo inteiro!
  19. Luiz Nunes
    Luiz Nunes setembro 02, 23:19
    Olá amigo! Mto bacana as dicas aqui, me deram uma orientação fundamental! A solução mais viável pra mim é a compra de um gravador, mas já gastei muito com câmera, microfone e outros equipamentos. Estou com uma T3i e um NTG2, no meu orçamento cabe um gravador Zoom H1. Você acha ele adequado para uma boa gravação com esse Mic? Obrigado, abraço!
    • pedrolho
      pedrolho outubro 08, 03:20
      Fala Luiz, eu diria pra você tentar pegar ao menos um H2, porque a entrada de microfone do H1 é mto limitada e o microfone on board dele não é direcional, você vai pegar muita sala (similar ao original da câmera). Bom mesmo é o H4n; ele foi atualizado recentemente, de repente vc consegue encontrar um preço bom ainda no antigo. Abs!
  20. Rodrigo F.
    Rodrigo F. novembro 08, 23:24
    Olá amigos que compraram ultimamente pelo Ebay. Busco um Juicedlink algum lugar vende no Brasil? como estão as entregas internacionais, estão cobrando impostos para retirar no Brasil? Valeu Abraço
    • pedrolho
      pedrolho novembro 10, 19:39
      Comprei um DT-454 via ebay e veio sem impostos Rodrigo, mas já faz 1 ano...
  21. Adriano
    Adriano março 29, 21:54
    Comprei um NtG2 rode e instalado na minha dslr Canon T4i mas nao funciona, algume pode me ajudar?
  22. Roberta
    Roberta agosto 28, 00:10
    Olá Pedro, gostaria de saber se você sabe onde eu encontro manual em português do Tascam dr 100
  23. DMB
    DMB fevereiro 23, 04:03
    amigo, eu tenho um mic. NTG1 Shotgun e quero usar na minha canon 60d. eu encontrei um Cabo P2 Stereo Xlr Canon Femea 10 Mt Balanceado Profissional no mercado livre... é p2 35 milimetros... voce acha que funciona OK na minha 60d????? agradeço muito se puder me ajudar. abs
    • Pedro Vilhena
      Pedro Vilhena Autor fevereiro 24, 03:35
      Existem esses cabos sim, e pode funcionar. Mas tem muita gente que não entende direito, só emenda uns fios e não rola. Então é bom se certificar, ou estar preparado pra arriscar mesmo. Por exemplo: esse cabo não será estéreo, pq afinal o seu microfone é mono. Então o que o fabricante vai fazer é usar o polo que sobra pra ligar o terra do XLR (e assim resultar num cabo balanceado). Mas ele precisa ligar cada um dos 3 pólos nas áreas corretas do plugue. Na dúvida, se mora em SP, o Yashi na Teodoro Sampaio e' onde mando fazer meus cabos!
  24. Michele
    Michele maio 22, 13:01
    Olá Pedro! Parabéns pelo seu site! Está me ajudando muito. Preciso muito de ajuda. Estou realizando um DOC e para uma diária com várias entrevistas aluguei 3 lapelas da seinheizer com um zoom HN6, conectando esse sistema via cabo p2 p2 direto na minha 7d. Só que no meio das gravações minha câmera parou de funcionar e não filmou mais. Você já viu isso acontecer? Sabe se o fato de eu colocar esse sistema de som, que citei, conectado direto na câmera pode ter gerado esse problema? Já agradeço sua atenção e muito obrigada por compartilhar seus conhecimentos. Abraços Michele.
    • Pedro Vilhena
      Pedro Vilhena Autor maio 24, 21:22
      Nunca usei o zoom HN6 Michele, mas tmb nunca ouvi falar de o áudio interferir com a câmera. Faz mto pouco sentido pq o sinal que entra pelo p2 é completamente analógico, bem simples. Eu diria que foi por outro motivo...a 7D é uma câmera que esquenta muito, por exemplo.
  25. Michele
    Michele maio 22, 13:30
    Pedro, primeiramente Parabéns pelo seu site e por partilhar seu conhecimento. Está me ajudando muito. Estou com um problema e ficarei muito grata com sua opinião. Recentemente aluguei três lapelas sem fio da seinheizer e um HN6 que usei conectado direto na minha 7d. A idéia era captar som de qualidade direto na câmera para não ter que sincar depois. Estou gravando um DOC com diversas entrevistas no mesmo dia e algumas em grupo de três pessoas, por isso os três lapelas. O problema foi que na metade do dia minha 7d pifou. Parou de filmar e não voltou mais a funcionar. Você já viu esse problema antes? Sabe se pode ter correspondência com o fato de eu ter ligado o sistema de som, que citei acima, direto na câmera? Agradeço desde já sua atenção. Abraço Michele.
  26. Curioso
    Curioso junho 29, 22:17
    Olá, não sei se alguém pode me a judar... Se sim, agradeço desde já. Comprei um Microfone Shotgun Rode NTG-01, e nas especificações diz que a alimentação dele é por phantom power. ok A dúvida é: Esses gravadores, como o Zoom h4n, o Tascam DR-40, enfim, funcionam como "phantom power", tipo, posso ligar diretamente o microfone neles? E a câmera, funciona como phantom power, usando um cabo XLR no mic para saída em P2 na câmera? Abraço
    • Pedro Vilhena
      Pedro Vilhena Autor julho 14, 16:54
      Sim, os gravadores que listou fornecem phantom power! Mas as câmeras com saída p2 não.
  27. Helo
    Helo julho 14, 00:52
    Pessoal preciso de uma orientação, tenho o cânon T5 e precisava gravar uma palestra e jogar ao vivo para TV tem como fazer isso já que a câmera não tem saída de áudio e o cabo HDMI só está levando a imagem.
    • Pedro Vilhena
      Pedro Vilhena Autor julho 14, 17:01
      Helo essa câmera não serve pra isso. De maneira geral você vai ter que dar mta volta se quiser fazer ao vivo com qualquer DSLR. O melhor é alugar uma mais apropriada, o que não necessariamente sairá caro!
  28. Julio
    Julio julho 24, 15:32
    Amigos, utilizando um Tascam DR-40 em uma entrevista com duas pessoas utilizando lapela sem fio e conectadas cada uma em um canal do tascam, como poderia fazer pra que o som de cada uma saísse nos dois canais ? Pois se gravo como estéreo cada um sai em um canal no áudio. Posso transformar isso no audition, mas gostaria de saber se já dá pra fazer direto no arquivo do tascam pra diminuir trabalho e pós. Obrigado.
    • Pedro Vilhena
      Pedro Vilhena Autor julho 25, 21:39
      Julio você pode fazer isso caso esteja gravando em apenas um canal, mas salvo engano, gravando em dois não dá pra fazer ele gerar um estéreo para cada um.
  29. Julio
    Julio outubro 12, 19:20
    Pedro, obrigado pelo retorno. Então, se eu gravar com um canal apenas ele consegue gerar um arquivo stereo duplicando esse canal ? Não achei como fazer isso. E no caso de gravar de dois lapelas eu conseguiria fazer um mixdown e obter um único arquivo stereo com os dois lapelas já mixados ?
    • Pedro Vilhena
      Pedro Vilhena Autor outubro 13, 19:28
      Sim e sim Julio! Vc deve conseguir fazer isso nas configurações do gravador.
  30. Julio
    Julio outubro 12, 19:21
    Pedro, obrigado pelo retorno. Então, se eu gravar com um canal apenas ele consegue gerar um arquivo stereo duplicando esse canal ? Não achei como fazer isso. E no caso de gravar de dois lapelas eu conseguiria fazer um mixdown e obter um único arquivo stereo com os dois lapelas já mixados ? ? ?

Escrever comentário

Seus dados estarão seguros. Seu endereço de email não será publicado. Os outros dados também não serão compartilhados com terceiros. Campos obrigatórios marcados com *