Vídeos

A exemplo do NY Times, a W magazine produziu uma série divertida com atores famosos chamada Casting Call. São diversos vídeos em que gente como Cate Blanchett, Samuel L. Jackson, Eddie Redmayne e Bradley Cooper interpreta falas de filmes clássicos,

Quem olha o histórico do blog pode achar que eu sou um grande fã do Ok GO. Não é uma grande banda independente, mas deve ser a que mais investe em produção de clipes pra web. E agora, se a Adele

Na tradição dos vídeos em baixa luz que aparecem a cada nova geração de uma câmera Sony, esta simulação documental feita pelo Cinema5D me chocou um pouco. Ainda que a primeira A7s tivesse performance de baixa luz estelar, não era

Muitas vezes não são necessárias grandes inovações pra resultados inéditos. Esta animação é a prova: apesar da arte e fotografia sugerirem stop motion, o movimento dos personagens não se assemelha a nada. Mas não é só isso, a história e

Acaba de ser lançado online o curta But Milk is Important, que já percorreu um grande número de festivais. O filme foi desenvolvido como peça de conclusão dos diretores Eirik Bjornsen e Anna Mantzaris na graduação da Volda University College,

Bob Fosse, morto em 1987, foi um bailarino e coreógrafo genial famoso por muitas coisas, entre elas a teatralidade através de poses pouco usuais. Com extenso trabalho no jazz, ganhador de 8 Tonys, foi também diretor de cinema, função na

Este vídeo é um bom exemplo de inteligência de produção influenciando no resultado final. Gravado num take único a 1000fps, a ação toda leva apenas 5s mas o resultado – com 3:30min de duração – é lindo. Pro novo clipe

Você sabe quem é Rob Cantor? Nem eu. É o cara daquele vídeo 29 Celebrity Impression, One Song que bombou até descobrirem que era um hoax. Na época achei marketing fraco e descartei como tantas coisas da internetz (por que fazer um vídeo

O Shutterstock, provavelmente o melhor arquivo de imagens (ok depois do Getty) e vídeos licenciados – ou stock footage – da internet soltou um promo simulando o estilo dos diretores Wes Anderson, David Fincher, Quentin Tarantino, Alfonso Cuarón e Terrence

Eu curto ficção científica, desde os livros de Asimov e Arthur C. Clarke até os filmes malucos, e nesse caso quanto mais estéril o production design melhor (i.e., prefiro Solaris a Star Wars). O curta independente ATROPA, rodado com baixo orçamento