Canon anuncia 1D X Mark ii, sua DSLR top de linha – mas é boa pra vídeo?
fevereiro 3, 2016
Pedro Vilhena (189 articles)
0 Comentários
Compartilhar

Canon anuncia 1D X Mark ii, sua DSLR top de linha – mas é boa pra vídeo?

Faz tempo que a Canon não apresenta novidade na linha de DSLRs. A pausa acabou com o anúncio da segunda versão da 1D X, a câmera top de linha da marca.

Como fotográfica ela é monstra: tem velocidade tremenda graças a 2 processadores DIGIC 6+, autofoco expandido, novo sensor de 20MP full frame mais sensível, LCD touchscreen, GPS, wi-fi e um corpo selado dos mais resistentes na indústria. Os specs completos você encontra aqui.

Mas este blog é sobre vídeo!

Pros

A 1D X mark ii é a primeira DSLR Canon a gravar 4K internamente a 60fps, e Full HD até 120fps. O foco automático contínuo em vídeo foi melhorado, e dizem que associado ao LCD touchscreen está genial. O novo sensor promete a melhor sensibilidade numa DSLR Canon até agora, e não há razões pra acreditar que entregue uma imagem pior do que a maravilhosa 1D C.

Ainda sobre o autofoco (Dual Pixel auto focus), este é o primeiro sensor full frame a incorporar a tecnologia. Ela funciona em todos os modos da câmera, inclusive em 4K. É possível controlar seu comportamento entre 10 velocidades, separadamente entre os modos foto e vídeo. Pode ser a virada final do autofoco numa câmera de sensor grande, algo MUITO conveniente e aguardado.

Contras

A pegadinha é que o codec ainda é o mesmo da 1DC, o MJPEG, que ainda que entregue imagem linda, é ineficiente. Em 4K um cartão de 64GB dura algo como 15 minutos. A Canon diz que por causa do corpo selado não pode incluir H.264 sem arriscar aquecimento, numa câmera que tem de simbolizar a robustez da marca. Faz sentido.

Mas além disso a câmera não tem o perfil Canon LOG que existia na 1DC, uma perda bastante considerável e sem razão. O CLOG é importante pra guardar a maior latitude possível no MJPEG e pra usar a câmera junto com outras da Canon, como a C300. O que estarão pensando, vão lançar uma 1DC mark ii por 14.000 como foi a outra? Aí vai ser duro.

Detalhes

A câmera grava 4K verdadeiro (4096) num crop de ~1.4x do sensor. É próximo ao APS-H. Isso pela diferença de formatos (o sensor é mais quadrado que um plano de vídeo), o que significa que em 4K a leitura do sensor é total. Já em Full HD é possível capturar full frame, MAS a leitura é feita através de pixel binning, o temido recurso de interpolação que diminui a resolução das DSLRs. A Canon diz que a técnica está avançada, não se trata do line-skipping antigo, e prometem ter uma imagem de alta resolução com pouco batimento. Se é assim, o Full HD deve ser melhor que na 5D mark iii. A ver.

A saída HDMI da câmera é Full HD, não 4K. Espertamente a Canon diz que é pra possibilitar gravar proxies em 1080p enquanto se grava 4k interno. Mas seria muito mais lógico gravar 4K externamente numa mídia mais barata e maior, no codec que vc preferir, e manter os arquivos Full HD dentro da câmera. É óbvio que é um handicap intencional. É a Canon, afinal…

A câmera sai por US$6.000 e já está na prateleira na B&H.

 

Comentários

Nenhum Comentário Ainda! Seja o primeiro a comentar este post.

Escrever comentário

Seus dados estarão seguros. Seu endereço de email não será publicado. Os outros dados também não serão compartilhados com terceiros. Campos obrigatórios marcados com *